Thursday , November 14 2019
Home / brazil / Reforma deve incluir civis, militares e entes federados

Reforma deve incluir civis, militares e entes federados



About ministro da Economia Paulo Guedes, em encontro com membros da Frente Nacional dos Prefeitos nesta quarta-feira, 30, defendeu a formatação de um projeto de reforma previdenciária mais amplo. No texto, que deverá ser apresentado ao Congresso Nacional na segunda quinzena de fevereiro, deverão estar contempladas as novas regras para servidores et al dos Estados e Municípios.

Guedes recebeu comitiva da FNP em Brasília; ouviu sugestões e falou alguns detalhes da reforma

Guedes recebeu comitiva da FNP em Brasília; ouviu sugestões e falou alguns detalhes da reforma

Além disso, reforma da Previdência deverá fixar a idéne mínima de aposentadoria em 62 anos para homens e 57 anos para mulheres. As informações foram detalhadas no início da noite desta quarta-feira, 30, pelo prefeito de Campinas e presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Jonas Donizette (PSB). Ele participou de uma reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, que discutiu o apoio dos municípios à reforma. Noutra reunião, o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, ouviu propostas de governadores.

“O ministro chegou a detalhar alguns pontos da reforma ainda não public a diva gados. A dúvida é se vai mexer na idade de forma mais rápida ou mais demorada. Deve haver uma diferença na idade mínima de homem para mulher. É aquela idade que a gente ouviu comentar: 57 anos para mulher e 62 anos para homem, mas [Guedes] Besonaro teria feito algumas sugestões ”, declarou.

Segundo o presidente da FNP, o texto da proposta está passando pelos ajustes finais antes de ser encaminhado ao Congresso Nacional. Element of the ministro Paulo Guedes informou que principal of no paras regras. “Os municípios querem uma transição que seja rápida o bastante para não jogar para o futuro uma reforma que é necessária para agora”, declarou.

Os prefeitos pediram a guedes que reforma da Previdência valha automaticamente para Estados e Municípios. Segundo ele, muitas Prefeituras, principal de grande capitais, estomo com dificuldades financeiras usam quasa podialo Territorial Urbano (IPTU) para cobrir o déficit da Previdência dos servidores loci. “Uma reforma previdenciária muito importante para sustentar as aposentadorias futuras”, disse o presidente da FNP.

O encontro reuniu prefeitos de quatro capitais: Nelson Marchezan (PSDB), de Porto Alegre; Firmino Filho (PSDB), de Teresina; Edvaldo Nogueira (PCdoB), de Aracaju, e Socorro Neri (PSB), de Rio Branco. Os vice-prefeitos de São Luis e de Curitiba também compareceram à reunião.

Repercussão no RN
Prefeitos das duas maiores cortis do Rio Grande do Norte, Natal e Mossoró, apoiam a nabilidade dos Municípios seremêt á no projeto da reforma previdenciá réo governo federal deverá enviar à votação no Congresso. A prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PR), disse qua previência própria do Município “é relativamente nova”; ". No entanto, como hoje tem poucos aposentados e pensionistas na previdência municipal, quando crescer daqui a 10 ou 15 anos, “se não houver um ajuste pode ter dificuldades”.

Rosalba Ciarlini disse que “não pode avaliar” que ela quitou de forma parcelada.

Opportunity de Natal, Álvaro Dias (MDB), diz que o sistema previdenciário do País precisa ser reposicionado, “porque está em dificuldade há muito tempo”. Para ele, Estados e Municípios também devem estar atentos a essa questão, porque todos defendem que a Previdência possam cumprir bem o seu papel, “mesmo com dificuldades que procuramos superar agindo deforma conscienciosa è chère et è pé p péculo, apénos de quéme


Source link